MPRO

Como pedalar mais rápido? 3 técnicas para acelerar o pedal

Como pedalar mais rápido é questionamento de ciclistas que desejam garantir mais resistência, melhorar a sua performance no pedal e obter posições diferenciadas em competições de ciclismo.

O artigo de hoje traz ao leitor 3 técnicas que ajudam a acelerar os treinos de ciclismo. Para saber mais, siga a leitura!

Como pedalar mais rápido através de 3 técnicas

  1. Fique em pé: por mais que a resistência do ciclista costuma ser construída através de pedais em contato com o selim, ficar em pé pode aumentar a performance significativamente. Para iniciar os treinos com essa técnica, encontre uma parte reta de estrada com inclinação moderada. Depois, inicie com uma cadência moderada e aumente a marcha da bike. Com a mesma velocidade e ritmo, tente ficar de pé e pedalar por aproximadamente 30 segundos. Depois disso, sente-se, recupere-se e tente repetir a técnica.
  2. Utilize várias marchas: você conseguirá se adaptar a um pedal mais longo e intenso se alterar a marcha da bike de acordo com a sua velocidade. Por exemplo: quando pedalar devagar, diminua a velocidade até quase parar em uma estrada plana e, posteriormente, avance para próximo de seu nível máximo de esforço em uma marcha pesada por aproximadamente 10 segundos. Pedale normalmente por alguns minutos e depois repita a sequência!
  3. Trabalhe outras partes do corpo: um bom desempenho sobre duas rodas depende também de outras partes do corpo além da pernas, com destaque para o tronco, ombros e braços. Por isso, aposte em atividades de musculação, para reforçar a musculatura de seu corpo e garantir um melhor rendimento no pedal.

Vestuário adequado auxilia o ciclista a pedalar mais rápido e ter melhor desempenho

Todas as dicas citadas anteriormente são extremamente válidas para aqueles ciclistas que desejam pedalar mais rápido para obter um melhor desempenho em competições.

No entanto, além das técnicas mencionadas, a utilização dos acessórios corretos trazem também um impacto verdadeiramente positivo, já que eles afetam diretamente o conforto do ciclista sob o pedal.

Os forros utilizados na confecção de bermudas para ciclismo representam uma das peças mais importantes para a garantia de uma boa performance sobre duas rodas, oferecendo a tecnologia necessária para absorver os impactos na região dos glúteos. A espuma em poliuretano, montada em camadas de diferentes densidades, é o tipo de material mais tecnológico e atual, reduzindo a absorção de impacto ao compensar as diferenças de contato dos ísquios com o selim. Já o gel é aplicado em alguns modelos de forro em forma de camadas, para adicionar ainda mais conforto.

O investimento em acessórios e roupas adequadas para o ciclismo auxiliam a acelerar o pedal, oferecem proteção em possíveis quedas, combatem o frio e o calor excessivo nas partes mais sensíveis do corpo, eliminação do suor durante o exercício e amortecimento de impacto em diferentes zonas do corpo. Portanto, além de investir nas técnicas mencionadas acima, garanta também os equipamentos necessários para que o seu pedal ocorra com segurança e maior agilidade.

Então, gostou da leitura? Não esqueça de deixar o seu comentário!

Comentários

  • Amaro Salvino da Silva

    Gosto de pedalar

  • Tiago Silva Fernandes Mariano

    Muito top essas dicas vou colocar em prática o mais breve possível até porque estou um pouco parado então vai me ajudar e muito recuperar o tempo perdido e aumentar ainda mais a minha velocidade!!!

  • Edson Alves

    Gostei muito dessas dicas, mais So uma pergunta onde encontro short com esse tipo se forro mencionado neste artigo espuma poliuretano?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.